TRUMP(A)

O CATOLICISMO, A ESQUERDA E MARCELO


Faz falta esquerda católica?!

Eu diria que faz falta o CATOLICISMO ser DE ESQUERDA.

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

DO CONTRA [115] santa lúcia de jesus de fátima


Tudo indica que os 3 pastorinhos irão ser declarados santos.: os dois primos da Lúcia e a prima, ela mesma.

Não é a terceira vez, nem será a última, que a ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana) faz coisas destas: apresentar como modelos criaturas que é muito difícil achar modelares.

Deixemos de lado os coitados dos manos pastorinhos -- coitados, porque ela ouvia mas não falava com a virgem e ele via-a mas não a ouvia. Vamos à prima Lúcia!, ela, porque tem qualidades de líder e de verdadeira intérprete das divinas vozes virginais: via e ouvia tudo.

Em que (para que) é que é modelo uma criatura que, quando criança, tinha visões e que, adolescente, se fecha num convento de onde sai muito raramente e por escassos minutos, até morrer quase centenária?
  • ...incentivo ao devaneio esquizofrénico?
  • ...incentivo a que as mulheres recusem os pecados da carne? e da mundaneidade?
  • ...incentivo a que as mulheres não cedam à tentação da maternidade? e da... esposabilidade?
  • ...glorificação do analfabetismo?
  • ...ou tudo isto junto?
escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

DO CONTRA [114] tomou o vinagre


Quando Jesus tomou o vinagre, disse «está cumprido» e, inclinando a cabeça, entregou o espírito.
[Evangelho Segundo João, trad. Frederico Lourenço]

Durante muito tempo, estranhei isto do vinagre: ainda se fosse vinho, vá que não vá... agora... vinagre?!

Mas... pensando melhor... o evangelista tem razão: foi o vinagre que o matou. Se fosse vinho, teria recobrado forças para fugir da cruz.

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

DO CONTRA [113] o papa Xico, a Colômbia e o Altíssimo


O Papa Xico diz estar chocado com a tragédia na Colômbia.

É natural: quem não está?

Só não entendo porque é que SS (Sua Santidade) não protesta junto do Altíssimo, de quem SS é representante na Terra, que governa o Mundo e poderia perfeitamente ter evitado a tragédia.

Em vez do protesto, rezou pelas vítimas, ao mesmo Altíssimo que permitiu a tragédia. Incoerências...

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

PARA RIR * 5. Dijsselboem e a pós – verdade


O Presidente do Euro-grupo, que se enganou no seu currículo ao candidatar-se ao cargo, disse que não disse aquilo que disse.

Encorajado, quiçá, pela mãozinha protectora do Schäuble sorridente e conciliador.

escrito por Gabriela Correia, Faro

LEIA O RESTANTE >>

NA SEMANA DO DIA DA POESIA * 7


A POESIA VAI ACABAR

A poesia vai acabar, os poetas
vão ser colocados em lugares mais úteis.
Por exemplo, observadores de pássaros
(enquanto os pássaros não
acabarem). Esta certeza tive-a hoje ao
entrar numa repartição pública.
Um senhor míope atendia devagar
ao balcão; eu perguntei: «Que fez algum
poeta por este senhor?» E a pergunta
afligiu-me tanto por dentro e por
fora da cabeça que tive que voltar a ler
toda a poesia desde o princípio do mundo.
Uma pergunta numa cabeça.
— Como uma coroa de espinhos:
estão todos a ver onde o autor quer chegar?
[Manuel António Pina]

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

NA SEMANA DO DIA DA POESIA * 6


Não há Vagas 

O preço do feijão
não cabe no poema. O preço
do arroz
não cabe no poema.
Não cabem no poema o gás
a luz o telefone
a sonegação
do leite
da carne
do açúcar
do pão
 
O funcionário público
não cabe no poema
com seu salário de fome
sua vida fechada
em arquivos.
Como não cabe no poema
o operário
que esmerila seu dia de aço
e carvão
nas oficinas escuras
 
- porque o poema, senhores,
   está fechado:
   "não há vagas"
 
Só cabe no poema
o homem sem estômago
a mulher de nuvens
a fruta sem preço
 
    O poema, senhores,
    não fede
    nem cheira
[Ferreira Gullar, in 'Antologia Poética']

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>

NA SEMANA DO DIA DA POESIA * 5



AURORA
A poesia não é voz - é uma inflexão. 
Dizer, diz tudo a prosa. No verso 
nada se acrescenta a nada, somente 
um jeito impalpável dá figura 
ao sonho de cada um, expectativa 
das formas por achar. No verso nasce 
à palavra uma verdade que não acha 
entre os escombros da prosa o seu caminho. 
E aos homens um sentido que não há 
nos gestos nem nas coisas: 

voo sem pássaro dentro. 
[Adolfo Casais Monteiro, in 'Voo Sem Pássaro Dentro']

escrito por ai.valhamedeus

LEIA O RESTANTE >>