TRUMP(A)

CARNAVAL DOS ANIMAIS

Camille Camille Saint-Saëns
Há obras
[musicais ou outras]
que não carecem de apresentação. Julgo ser o caso de O Carnaval dos animais, talvez a obra mais divulgada de Camille Saint-Saëns
(1835-1921).
Para recordar a deliciosa fantasia zoológica
[uma suite para dois pianos e pequena orquestra cria leões a rugir, elefantes a dançar valsas...],
escolhi as seguintes peças
(cuja audição está disponível na barra lateral direita ou aqui):
  1. Galinhas e galos: os violinos simulam o cacarejar das galinhas, interrompido pelo canto de um galo no primeiro piano e, mais adiante, no segundo. Vem depois a confusão, um novo canto de galo no clarinete e o cacarejar continua...

  2. Cangurus: uma série de saltos e uma paragem, alternadas nos 2 pianos.

  3. Aquário: misteriosa sonoridade... líquida. Sobre os acordes das cordas, os arpejos dos pianos e a melodia da flauta e o Glockenspiel.

  4. O cuco no fundo da floresta: começa com os acordes dos pianos, e o clarinete a imitar o cuco com um único motivo de duas notas mantém-se ao longo de toda a peça.

  5. Fósseis: a frase principal no xilofone recorda A dança macabra do próprio Saint-Saëns. Depois, há a evocação de uma série de canções
    (de que se destaca, por conhecida, Au clair de la lune).
  6. O cisne: a favorita peça de concerto começa com o solo de violoncelo
    [aqui nas mãos do grande Yo-yo Ma]
    acompanhado pelos dois pianos.

  7. Final: a síntese. Recorda-se a introdução e depois intervém a diversa fauna que foi desfilando ao longo da suite
    (galinhas e galos, cangurus, personagens de orelhas compridas...).
A obra toda está aqui: 1ª parte; 2ª parte.

Um bom Carnaval!
[texto publicado a 18/Fev/2007 e editado a 5/Março/2011: as peças musicais foram inicialmente colocadas no nosso podcast, que, entretanto, deixou de funcionar por indisponibilidade do servidor onde estava alojado. Nova edição a 17/Fev/2012]

escrito por ai.valhamedeus

2 comentário(s). Ler/reagir:

J Alberto disse...

Para os doidinhos da música (e com dinheiro no banco):
Por falar de violoncelo e Yo-yo Ma... deixo o anúncio:
Em São João de Porto Rico está a decorrer o famoso Festival Casals.
É um banquete musical que dura duas semanas, cozinhado e servido pelo que há de melhor no mundo: músicos, cantores, maestros.

Ai meu Deus disse...

Para os doidinhos da música (e sem dinheiro no banco):

prometo, aqui, umas peçazinhas interpretadas pelo Casals.

Não é como se fosse em São João de Porto Rico, mas... quando não há cão, caça-se... com o que calha.