TRUMP(A)

PROVA DIVINA

A renúncia de Deus Pinheiro ao cargo de deputado não admira. A mim, não causa qualquer admiração: que as eleições são uma farsa e que esta democracia é, de modo cada vez mais evidente, a farsa maior que as eleições disfarçam -- disso não tenho dúvidas, ainda que tenha cada vez mais provas
[agora, nova divina prova de Deus. Nova mas antiga, porque este é dos deuses reincidentes. Valha-o Deus, se pode, e a nós nos livre destes farsantes!].
escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

freespirit disse...

E lá entrou o líder nacional da JSD; era chato o Secretário-Geral ter sido eleito deputado e o próprio Presidente não o ser.
Coisas...

Abraço.