TRUMP(A)

UM MÊS?!

Lê-se hoje em tudo o que é sítio de leitura
[até no Ai Jesus!, como se prova neste texto]
que esta segunda versão do governo pê-èsse fez um mês. Um mês de um mero Governo remodelado, e para pior! O mês da Face Oculta,
[com o presidente do Conselho indevidamente e injustamente, como se sabe e uma vez mais, associado a coisas da corrupção];
do segundo orçamento do reinado de Sócrates, indevidamente
[pela maldizente oposição]
chamado de rectificativo
[em científico rigor económico-financeiro, redistributivo];
dum desemprego com números nunca vistos -- como se sabe, por causa da crise...

... e fico por aqui. Sobre o passado mês, diga o leitor o resto...

O futuro vive da esperança na continuação de alguns restos do passado breve. Espera-se que o PSD continue a depositar nas mãos do governo pê-èsse
[estará tudo muito bem entregue, como se sabe]
a resolução dos problemas -- como já entregou a avaliação dos professores e a questão dos campos electromagnéticos das linhas de alta tensão; que o pê-èsse continue a namorar o psd, como namorou em ambas as questões aqui referidas; que as manifestações que ameaçam recomeçar, depois de os reformados se manifestarem, não recomecem mesmo, para bem da economia do país
[que toda a gente sabe o que é];
que o país
[seja lá isso o que for]
continue a acreditar, com o apoio dos jornalistas
[e de alguns sindicatos],
que a avaliação dos professores foi revista para apaziguar os ânimos destes profissionais
[quero dizer, destes malandros];
que cada vez mais cidadãos anónimos gritem que a divisão na carreira dos professores caiu mesmo -- e com ela, "o último grande obstáculo a um entendimento com os sindicatos"
[e que, portanto, se espera que finalmente os professores sosseguem e deixem o bloco central governar sossegadamente]...
...e que o Altíssimo, acima de nós, nos proteja!

escrito por ai.valhamedeus

2 comentário(s). Ler/reagir:

O Primo disse...

Isso do ps namotrar o psd é um eufemismo, concerteza

Gil Vicente diria de outro modo

Não sei se sabem que há novas novidades relacionadas com Angola

Anónimo disse...

O futuro continua aí: o ps e o psd agora rejeitaram as propostas de reforma inteira para os trabalhadores que tenham 40 anos de descontos. Aí estão juntos a pensar no futuro governo, ora um ora outro.