TRUMP(A)

MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS

Após alguns anos de existência do Ai Jesus!, activei a moderação de comentários.

Para não "distrair a atenção" do texto do Eduardo onde "publicita" música, pelos vistos/ouvidos, excelente, peço que um eventual debate sobre a moderação se faça em comentários a este "post".

Transcrevo, do texto do Eduardo, 2 reacções:

Marquês do Fontelo disse...

Finalmente uma medida inteligente a que alguns pseudo-intelectuais de esquerda chamam de moderação de comentários.

Gente fina não pode ficar vulnerável e à disposição de um comentário que não agrade aos patrões do blog.

Passo a passo caminhamos para o fim da liberdade de pensamento e nada mais democrático que tirar o pio aos que por qualquer motivo se tornam incómodos, nem que seja por escreverem um palavrão que muito certamente irá ofender os ouvidos dos donzéis, já que as donzelas, essas, dizem muito mais, e mais grossas asneiras, que as que às vezes aqui são escritas.

Assim vamos no bom caminho e nem precisamos de GPS

vitor m disse...

Ó Marquês da Cara Tapada, achas bem vir para aqui, ou para qualquer outro sítio, mandar bocas soezes sobre os donos ou os comentadores deste blog?
Se sim, acho que tens uma visão muito estranha do que é a liberdade de expressão...

Quase todos os blogs que frequento têm a moderação de comentários activada - nunca fui neles proscrito porque me não dedico ao desrespeito dos outros e das suas opiniões (tão válidas quanto as tuas, não?)...
escrito por ai.valhamedeus

12 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Concordo totalmente com a moderaçao de comentários, é sinal de inteligencia, pois eu li os comentários e nada tinham de comentários....comentar é uma coisa muito diferente de atirar "bocas" que eu última análise nem sequer são sobre o assunto.
E para que conste eu não conheço ninguém dos que escreveram nem o texto nem os comentários, portanto nada tem de pessoal esta minha opinião.

Anónimo disse...

gente fina? quando comecei a ler este blog pensei que era um lugar de discussão, e ainda opiniei sobre....depois passei a espreitá-lo para saber como ia de saúde e
só poucas coisas me passou a interessar. Gente fina? Talvez a educação seja de berço....e gente ordinária? que não comenta mas que acha que pensa? pensa afinal em quê? não percebi pois os comentários eram ordinários e demonstravam total incapacidade de conduzir um pensament e um raciocinio, conversa de taberna em final de bebedeira e nada mais. Parabêns por finalmente ter refletido e concluido que o melhor era ler tudo antes de os deixar entrar no blog... poupa-nos muito tempo, Obrigado

Anónimo disse...

A liberdade tem que saber usar "a nossa liberdade acaba onde começa a liberdade dos outros", velha frase...Na educação dos adolescentes sabemos que as regras são importantes e a liberdade tem que ser consoante a responsabilidade. Pessoal há que acha que a liberdade é para fazer ou dizer disparate. Se usasem a cabeça e o tempo para ler e pensar sobre ...E se começasse a ser responsavel no que escreve? imagine-se na sala dos docentes da sua escola e um colega respondia-lhe o comentário que fou retirado? achava bem ou dava-lhe uma sova??? ( refiro-me ao comentário que apareceu no blog e depois foi retirado)

Ai meu Deus disse...

Confesso que activei a moderação a contra-gosto (e, já agora confesso este pecado, sem consultar os demais colaboradores do blogue).

Embora reconheça as "virtudes" apontadas nos comentários anteriores a este, reconheço à moderação igualmente alguns "defeitos". Saliento 3:

a) a fronteira entre moderação e censura, embora existindo, é ténue; e, mesmo com a devida atenção, os riscos de saltar a fronteira são reais;

b) a publicação dos comentários está dependente da disponibilidade de tempo do "moderador"; este facto tira "vivacidade" a um eventual debate de ideias;

c) é pouco agradável alguém escrever um comentário e, no final, receber a indicação de que o mesmo será publicado após moderação -- o mesmo é dizer se o "moderador" assim o entender.

Reafirmo, apesar de tudo, que o objectivo do Ai Jesus! é o debate de ideias. E este é um blogue onde se cultiva expressamente a pluralidade de ideias e se incentiva o livre exercício da razão...

(...ainda que possa continuar a ser chamado de pseudo-intelectual ;-)).

Anónimo disse...

Pois, mas apesar de ser de debate de ideias deve ter uma linha orientadora e deve reflectir os colaboradores e quer queira quer não ao aceitarem comentários sem "nível" estão a retratar-se como iguais (anónimo nº1)

Um Carroceiro disse...

Estranha forma de respeito!!!

Escrevo, por exemplo "vitor merda" e cai o Carmo e a Trindade. Sou grosseiro, incorrecto, mal educado, ignorante, néscio, o que digo não passa de uma bocas, etc. etc. etc.

Um dos donos do blog ofende gratuitamnete os leitores, coloca uma imagem da Virgem Maria com as mamas à mostra, escreve os maiores dislates... é um filósofo intelectual com direito a ser respeitado...

Isto nem no tempo da outra senhora

Quem quer respeito começa por dar-se ao respeito

Infelizmente conheço bem este tipo de comportamento e forma de estar

Se eu digo "merda" sou um malcriado e um traste...
Se for o filósofo a dizer o mesmo ou pior, é um intelectual "avant gard" cheio de caracter e personalidade

Anónimo disse...

O blog retrata quem o iniciou e seus colaboradores e já se viu que em matéria de religião têm vários recalcamentos, isso não nos dá o direito de usar e abusar da linguagem especialmente quando demonstra que não estamos a comentar o assunto (o que tem acontecido várias vezes).Quem comenta deve comentar o assunto e não aproveitar para colocar "coisas e loisas" que não dizem respeito ao mesmo. Quem escreve neste blog (como nun jornal fosse) dá a sua opinião sobre... que nem sempre é profissional - filosofia etc....embora pareça que alguns acham que sim, dizem o que lhes vai na alma mas isso não quer dizer que são filosofos. Nós só vimos ler o blog e comentar se acharmos que vale a pena aproveitar para insulto barato parece-me baixo demais e de quem nada tem de interessante para fazer.

São Bento da Porta Aberta disse...

O que para aqui vai!!!

A discutir nunca encontrareis DEUS.

Do mesmo modo não o encontrareis na guerra

Se O procuramos temos que olhar para dentro de nós!
Dar um sentido à vida!

Podemos ser prisioneiros nesta vida, mas, e na outra continuaremos também a sê-lo?

Ah, está bem... não acreditas na outra vida...
Ok com a morte acaba tudo!!!

Essa é também a certeza de todos os outros animais despidos de inteligência

Anónimo disse...

Quem não acredita não é inteligente? Nem a Igreja afirma tal asneira

Anónimo Anónimo disse...

Boa penúltimo Anónimo! Aqui há muitos recalcamentos. Aqui os únicos que sabem discutir são os anónimos. Olha só o teu caso. Tão direitinho. Tão interessante. Já vês por que somos únicos. O resto é só uma récua de recalcados.
Claro que quem não acredita não é inteligente. Alguma dúvida? Este último anónimo está a sair dos eixos. Será um infiltrado pago pelos donos do blog...

Anónimo disse...

Infiltrada era a sua prima e casou-se

Anónimo do Terreiro do Paço

Anónimo disse...

Que pobreza de comentários de gente, esta sim, recalcada!
Dizem mal do governo, mas merecem o dito que têm. Perdão, que temos,infelizmente