TRUMP(A)

A LIBERDADE, CONTRA O DOGMA

Deixei aqui notícia do autocarro ateu que, nas ruas da cidade argentina de Mar del Plata "preparou" o Congresso de ateísmo. A notícia do congresso
[que, propositadamente, decorre nesta época com particular significado para o mundo cristão]
está aqui.

Destaco a referência à resposta do biólogo e investigador Diego Golombek à pergunta "Deus existe?": “Sim, e está nos nossos cérebros", assegurou, após mostrar com evidência científica como o comportamento neuronal favorece o fervor pela prática religiosa. “Rezar activa áreas dopaminérgicas no cérebro. Está avalizado por estudos de imagens cerebrais. Sente-se prazer ao rezar. É um comportamento viciante como o consumo de drogas”, afirmou. Também explicou que há "casos de epilepsia que geram visões, alucinações" e recordou que em diferentes ocasiões estes quadros "foram aproveitados por muitas religiões”. “Num ataque de epilepsia uma pessoa pode falar noutra língua, que alguma vez tenha ouvido. Não tem qualquer demónio. Não precisa de ser exorcizada. Simplesmente tem epilepsia”, concluiu Golombek.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: