TRUMP(A)

VÍDEOS DA SEXTA 60. o principezinho

Will Vinton (McMinnville, Oregon, 1948) é um dos criadores da animação em plasticina. Ganhou um Óscar e vários Emmys pelo seu trabalho.

Um dos trabalhos mais reconhecidos é a campanha do chocolate M&M.
"O Principezinho - 1943, foi o romance de maior sucesso de Saint-Exupéry. É uma obra apenas aparentemente simples. O narrador é um piloto com um avião avariado no deserto do Sahara, que tenta reparar os danos no aparelho. É interrompido pela aparição do Principezinho, que lhe pede que desenhe uma ovelha. Perante uma autoridade tão misteriosa, o piloto não se atreveu a desobedecer, pegou num pedaço de papel e numa caneta e fez o que o principezinho lhe pediu. E assim tem início um diálogo. O Principezinho, que vivia sozinho num planeta do tamanho de uma casa, que tinha três vulcões, dois activos e um extinto e ainda uma flor com tanta beleza como orgulho. Conta a sua viagem de planeta em planeta, cada um sendo um pequeno mundo povoado com um único adulto. Esta maravilhosa sequência criativa apresenta personagens plenos de simbolismos: o rei, o contador, o geómetra, a raposa, a rosa, o adulto solitário e a serpente, entre outros. Uma história terna que apresenta uma exposição sentida sobre a tristeza e a solidão, que revela algumas reflexões sobre o que de facto são os valores da vida. É uma obra que ensina como nos equivocamos na avaliação das coisas e das pessoas que nos rodeiam e como esses julgamentos nos levam à solidão, que nos mostra que quando nos entregamos às preocupações diárias, nos tornamos adultos depressa esquecemos a criança que fomos. Antoine de Saint-Exupéry publicou pela primeira vez «O Principezinho» em 1943, quando recuperava de ferimentos de guerra em Nova Iorque, e ainda hoje pode ser inspirador para leitores de todas as idades e de todas as culturas."
fonte:[http://www.wook.pt/]






escrito por Adriana Santos

0 comentário(s). Ler/reagir: