TRUMP(A)

BREVES -24. somos todos criminosos?

A propósito, ou a despropósito, transcrevo uma notícia do JL:

De que falamos quando falamos de criminosos? Eis a pergunta a que este livro (Somos Todos Criminosos?) tenta responder. Mas, lendo a argumentação dos autores, a resposta não é tão simples como à partida pode parecer. Daí o titulo provocatório, com outra pergunta: Somos Todos Criminosos? Ao longo de 38 questões, André Kuhn e Cândido da Agra, das universidades de Lausanne e do Porto, respectivamente, vão revisitando mais de 200 anos de investigação e teoria criminal. Longe do discurso simplista da conversa de café ou de uma comunicação social sensacionalista, os dois especialistas em direito criminal tentam perceber a essência do binómio crime/pena, antevendo também cenários para o futuro. Pelo caminho ficam referências a criminosos e vítimas, autóctones e estrangeiros, divórcios e televisões, insegurança e colarinhos brancos.
escrito por Gabriela Correia, Faro

0 comentário(s). Ler/reagir: