TRUMP(A)

PRESIDENCIAIS?


Acabou a pré-campanha das TVs. As TVs gostam de ter programas de borla e isto de expor candidatos presidenciais dá sempre resultado: vão de borla, não é necessário desembolsar 1000 euros pelos telefonemas e os "artistas" não se precisam de despir. É pena, porque o êxito seria maior.

Mas esta aposta saiu furada: ninguém ligou ao desfile de candidatos, nem a coisa parece merecer grande apreço pelo povão. Acho que a coisa chegou a um ponto em que ninguém liga a ninguém e a habitual indiferença pela classe política resvalou para um profundo desprezo.

O apoio ao governo é unânime, nos candidatos do "arco do poder" e, com este governo, ninguém vai a lado nenhum. O pior é o que se prepara com o PSD não é melhor. Citando Lenine, há situação objectiva, falta a situação subjectiva. Triste sina, a nossa...

escrito por Carlos M. E. Lopes

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Até este pobre diabo não acerta uma.

Sugiro um slogan muito mais apropriado:

"Coelho p'ró TACHO"