TRUMP(A)

A FRAUDE GLOBAL

[clique na imagem, para ler melhor]

Com este título, Jorge Pacheco de Oliveira, engenheiro electrónico, diga-se, publicou um texto no Expresso muito interessante. Diz ele que o meteorologista Piers Corbyn tem acertado mais no clima do que os poderosos computadores do Met Office do Reino Unido. Segundo o articulista, Piers envergonha o Met Office fazendo as suas previsões baseando-se somente na actividade solar.

Quanto à fraude que constiturá o global warming, nada tenho a dizer. São coisas do domínio cientifíco sobre o qual não me pronuncio. Mas já acho estranhas as considerações que o Pacheco faz sobre a origem desta fraude. Diz ele, mais à frente, que este ataque à economia dos Estados Unidos parte de um adversário. "Esse adversário existe e chama-se socialismo", diz o Pacheco, que esse adversário é "visceralmente avesso ao livre pensamento e à liberdade de expressão vigentes nos Estados Unidos". E mais, o Pacheco diz que tal "serve de pretexto para negociatas com as energias renováveis". O Socialismo contra os Estados Unidos. Mas este socialismo tem rostos, segundo parece: Al Gore e também esse afro-americano duvidoso chamado Obama, dando como certo que ambos têm preocupações nesse campo.

O Pacheco, fiel defensor da civilização americana
(dos Apaches, dos Sioux, do Gerónimo?),
denuncia a fraude. No Expresso.

Segundo o Pacheco, existe uma relação entre o socialismo e a teoria do aquecimento global. As "negociatas" das energias renováveis estão nas mãos dos socialistas. Será da Siemens, Bosch, e as diversas empresas que negoceiam neste campo? Aí Pacheco sugere, mas nada adianta.

Força, Pacheco! Arreia-lhes!

escrito por Carlos M. E. Lopes

1 comentário(s). Ler/reagir:

EcoTretas disse...

Parabéns pelo seu blog!
Isto de divulgar as Verdades Inconvenientes está cada vez mais na moda...
Ecotretas