TRUMP(A)

O TSUNAMI

Ao lado do tusnami e da catástrofe japonesa há uma outra tanto ou mais perigosa: as explosões nos reatores nucleares na central de Fukushima. As autoridades japonesas já não conseguem esconder as contradições e o espectro de Chernobyl paira nos ares. Os russos já retiraram pessoas das ilhas próximas e ainda não sabemos o que nos espera. As centrais nucleares japonesas eram à prova de acidente, diziam eles... Para quem defende a energia nuclear, este acidente constituirá um duro revés para o loby atómico...

E a Europa, continuará a apostar neste tipo de energia?

escrito por Carlos M. E. Lopes

4 comentário(s). Ler/reagir:

vitor m disse...

Lá teremos que voltar ao autocolante ovo estrelado dos anos setenta: Atomkraft? Nein Danke!
O capitalismo e a sociedade de consumo continuam a brincar com o fogo...

Anónimo disse...

E valeu de alguma coisa? As centrais nucleares estão por toda a Europa. É como disse alguém: um grande negócio. E os governos é que têm de arcar com os custos dos problemas e os gastos das soluções; isto é, nós todos.
E havê-las...
Gabriela

Anónimo disse...

Este não é um "acidente" qualquer. já agora para quem confia tanto na ciência e sua previsibilidade poderia também justificar como, num dos países cientificamente mais avançados, um fenómeno natural como este não consegue ser evitado...
o nuclear é mau? sim, é, mas a vida é isto mesmo risco e superação do mesm... se assim não fosse, o progresso não era possível... é preciso perder algumas coisas para ganhar muitas mais...

vitor m disse...

Anónimo, as alternativas ao nuclear são mais que muitas.
Olha à tua volta...