TRUMP(A)

O CONSENSO ALARGADO

Das ideias enjoativamente repetidas por comentadeiros e politiqueiros, há (mais) uma que me preocupa: a de que deve haver (entre os partidos) um alargado consenso pós-eleitoral.

O que há de estranho neste desejado consenso é (entre outros aspectos) o facto de esse consenso ser impossível antes das eleições e quase certo depois das eleições. Isso só confirma a ideia de que vamos ter novamente os partidos a prometerem, em propaganda eleitoral, aquilo que não vão fazer depois das eleições.

Assim, não brinco
(à democracia).
escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

O governo diz não ter poderes para governar, e o Presidente da República diz coisa diversa e que está com eles. Faz lembrar a muralha de aço, remember?
Neste jogo do empurra e de egos aos saltos quem se lixa é o mexilhão
Gabriela