TRUMP(A)

UMA "ESQUERDA" ALEGRE

No Congresso Alegre do PS, esta manhã, Manuel Alegre
[depois de sublinhar, não tivesse alguém dúvidas, que é de esquerda],
aconselhou o PCP e BE
[a "outra esquerda", como lhe chamou e como se o PS fosse de esquerda]
a que não repetissem os erros de 1975
[que ideia tão alegremente tola!],
a que não excluíssem o PS de uma coligação de esquerda.

O que Alegre queria era que o PC e o BE apoiassem um governo PS com um programa imposto pela UE, com estas exigências: "ambiciosas" privatizações dos serviços públicos, redução drástica do défice público, favorecimento da flexibilidade e do despedimento, facilidades para as empresas, garantias de liquidez e solvência dos bancos...

...uma "esquerda" alegre com programa de direita? Não, obrigado, Alegre!

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: