TRUMP(A)

ARNALDO MATOS

Nunca tinha estado fisicamente próximo de Arnaldo Matos. Tive o privilégio de conviver com ele, neste fim de semana prolongado. Surpreendeu-me um Homem discreto e atento, de uma afabilidade deslumbrante e de um saber e uma sageza imensos.

escrito por ai.valhamedeus

2 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Por que razão os revolucionários são todos feios? Tirando o Che, é claro.

Frei José do Círio Pascal Sempre Aceso disse...

Quantos revoluvionários conheces? Se tens razão, a explicação pode estar no refrão: «quem o feio ama, bonito lhe parece»?