TRUMP(A)

MÚSICA PARA O FIM DE SEMANA - messiaen

O meu baú comemora, hoje, o aniversário de Olivier Messiaen, nascido a 10 de Dezembro de 1908.

Compositor, organista e ornitólogo francês, foi/é uma personalidade controversa: místico

[dum misticismo a raiar a beatice ou mesmo o fanatismo],
transporta a religiosidade para a sua música, com obras mórbidas
[da "morbidez que rodeia os pedaços apodrecidos de corpo humano que a Igreja guarda dentro de relicários", em palavras do maestro Victorino D'Almeida]
ou indutoras do sono ou insuportavelmente monótonas e capazes de fazer perder a cabeça a um santo -- e com outras que são obras-primas.

Por exemplo, O Quarteto para o fim dos tempos, talvez a sua peça mais divulgada, que o maestro Victorino considera “uma das mais extraordinárias peças de câmara alguma vez compostas”
[pode ler n'O meu baú algumas notas sobre o compositor e este Quarteto].
[está aqui: (flac) 1ª parte; 2ª parte
(MP3 320kbps): aqui]

Alain Moglia: Violín
Michel Arrignon: Clarinete
René Benedetti: Cello
Jean-Claude Henriot: Piano
Director: Oliver Messiaen

O 1º dos 8 andamentos -- Liturgia de cristal:


escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: