TRUMP(A)

VÍDEOS DA SEXTA 120. a bússola dourada


"A Bússola Dourada é uma adaptação do primeiro livro da trilogia His Dark Materials, escrita pelo britânico Philip Pullman e publicada entre 1995 e 2000. A acção decorre num mundo paralelo ao nosso, de contornos retrofuturistas, em que cada pessoa tem sempre consigo um animal que é a encarnação viva da sua alma. Lyra Belaqua (Dakota Blue Richards), uma orfã de 11 anos, vive numa faculdade de Oxford com o seu tio, Lord Asriel (Daniel Craig), um cientista que acredita que o conjunto de particulas elementares que configuram uma espécie de poeira mágica são a chave do cruzamento para outros mundos.
É isso que ele se propõe descobrir quando parte para as regiões geladas do norte do globo. Lyra continua a sua vida no espaço da universidade, tentando resolver o mistério das crianças que desaparecem misteriosamente, quando a bela e misteriosa Marisa Coulter (Nicole Kidman) lhe dá a oportunidade de ser sua aprendiz e levá-la em viagem. Com uma engenhoca mágica semelhante a uma bússola dourada, a jovem lança-se à aventura, descobrindo que a maioria dos que a rodeiam não são bem o que parecem, e envolvendo-se em peripécias fantásticas com ursos polares e um cowboy aeronauta (Sam Elliott). Chris Weitz, argumentista e realizador, cuja maior coroa de glória é Era Uma Vez Um Rapaz, atirou-se à tarefa de escrever e realizar a adaptação da trilogia de Pullman. A New Line, entusiasmada com o sucesso planetário que tivera com a saga O Senhor dos Anéis, aceitou o desafio e decidiu investir a sério no projecto. E essa opulência é visível no ecrã: A Bússola Dourada é um dos filmes visualmente mais ricos dos últimos anos, com cada plano a revelar um universo repleto de detalhes e imaginação.
O livro foi atacado por defender o ateísmo e atacar a religião organizada, uma vez que Lord Asriel, um cientista em busca do conhecimento, vê as suas acções minadas por uma entidade religiosa equivalente à Igreja Católica. Essa metáfora foi diluída no filme, mas isso não impediu que, de um lado, a Liga dos Católicos apelasse ao boicote à película, e que, do outro, os fãs reclamassem as alterações ao original. O costume, portanto, em projectos desta natureza." 
Realizador: Chris Weitz; Ano:2007; País: EUA,RU; Duração: 113 min

Fonte [http://timeout.sapo.pt/film.asp?f=1315]

escrito por Adriana Santos

0 comentário(s). Ler/reagir: