TRUMP(A)

MISOGINIA FILOSÓFICA

Giovanni Papini defendeu que 
"Entre a filosofia e o amor não há possibilidade de convivência. A filosofia exila a mulher e a mulher exclui a filosofia. Os filósofos são todos cérebro sem coração nem testículos. Aqueles que tiveram mulheres e filhos são filósofos menores, em segunda mão. Os maiores são todos misóginos. [...] Os filósofos foram eunucos [...] ou virgens por eleição [...] ou eternos celibatários [...]. Quem teve mulher, como Sócrates, considerou-a empecilho e tortura. [...] Se virem um filósofo marido e pai feliz, desconfiem da sua filosofia – pode ser, quando muito, professor ou vulgarizador de metafísica, mas de modo algum um criador de sistemas".
Serão os filósofos seres misóginos, como quer Papini -- ou será um disparate o que ele defendeu (e na defesa dessa tese não está sozinho)? Eis a questão colocada no texto A filosofia, os homens e as mulheres, d'O meu baú.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: