TRUMP(A)

O PINGO DOCE


O Pingo Doce arrasou a concorrência. Colocou uma série de produtos a 50% no dia 1º de Maio. Ah, ganda Soares dos Santos! Gosto de gente coerente, igual ao governo.

O Passos, o boy do angelito Correia, dizia que nunca retiraria os subsídios aos trabalhadores... O Pingo Doce apregoava que não era pessoa de descontos, cartões e promoções...

Ora, segundo parece, os comerciantes podem fazer o que fizeram, sem perder dinheiro, nos produtos que promovem.

Em primeiro lugar, podem promover produtos em fim de vida. Em segundo lugar, podem já ter feito o dinheiro que gastaram com eles. Um pouco como os saldos.

Assim, o Sr. Soares dos Santos compra 10 toneladas de laranjas a 15 cêntimos o quilo. Gasta com a compra 1 500 euros. Vende a 1,20 o quilo
(barato, como vêem). 
Vendendo 1250 quilos faz os 1 500 euros. O resto é de borla. Pode vender a 10 cêntimos. É óbvio que não tem a mesma margem de lucro em todos os produtos...pero pode dar-se ao luxo de fazer estas gracinhas com muitos produtos...(ou quase todos).

PS - De laranjas, pelo menos, sei eu do que estou a falar...

escrito por Carlos M. E. Lopes

1 comentário(s). Ler/reagir:

Ilda Ribeiro disse...

Aqui os agricultores fazem um mercado ao sábado na rua onde vendem diretamente, eles tem mais lucro e nós compramos mais fresco e por vezes mais barato. A laranja por lá compra-se desde 0,30 ou 0,50.Por aí deviam fazer o mesmo! Nós por cá gostamos compra-se mais fresco mais barato e estabelece-me uma relação vendedor comprador como antigamente.
Ilda Ribeiro