TRUMP(A)

EX-CITAÇÕES * 122. contra a mansidão, a dureza

Crato vai estatelar-se e perder-se no labirinto que criou para o ano-lectivo próximo. Perdidos tantos outros, é o tempo propício para um novo discurso político, orientador e agregador da classe. A quem fala manso e age duro, urge responder com maior dureza. Lamento ter que o dizer, mas há limites para tudo. Como? Assim a classe me ouvisse. Crato vergava num par de semanas.
[Santana Castilho. Uma classe zombie e um ministro bárbaro. In Público, 18/07/2012). Negrito meu]

escrito por ai.valhamedeus

3 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Se Santana Castilho o diz, eu acredito.
Mas que triste sina a nossa: em matéria de timoneiros, vamos de mal a pior. Quem foi que partiu o espelho? São 7 anos de azar.
Gabriela

Anónimo disse...

Crato vai vergar...isso é certo.Mas, não será pela mão de Santana Castilho. O homem não consegue curar a dor de cotovelo nascida no facto de não ter sido convidado para ministro. E se queria ser ministro deste governo .... estamos conversados. Enfim...eles vergarão mas não será num par de semanas. Acresce que o que é preciso derrotar é a política.Não basta mudar de ministro ou mesmo de primeiro-ministro. Do que precisamos é de mudar de política.E este objectivo está ao nosso alcance mas não num par de semanas. S Castilho quer vergar o ministro... os profs precisam de ajudar a vergar a política do governo

Anónimo disse...

Tem-se visto, tem: cortes nas reformas, nos salários, e tudo o resto. Quantos professores votaram nestes passos? Alguns só com o intuito de tirarem de lá os outros passos perdidos nos corredores de S.Bento!! E o memorando dos sindicatos assinado com a ministra? Já se esqueceu, anónimo?
Foi esse o resultado dos cento e tal mil em protesto na capital, para não falar de outras iniciativas e protestos.
Gabriela