TRUMP(A)

UMA MULHER COM OS OVÁRIOS NO SÍTIO

Maria Teresa Horta recusa receber prémio literário das mãos de Passos Coelho.

“Sempre fui uma mulher coerente; as minhas ideias e aquilo que eu faço têm uma coerência”.

“Não recuso o prémio que me enche de orgulho e satisfação, recuso recebê-lo das mãos do primeiro-ministro”.

 “Na realidade eu não poderia, com coerência, ficar bem comigo mesma, receber um prémio literário que me honra tanto, cujo júri é formado por poetas, os meus pares mais próximos - pois sou sobretudo uma poetisa, e que me honra imenso -, ir receber esse prémio das mãos de uma pessoa que está empenhada em destruir o nosso país”.

escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Ah! Grande mulher! São Portugueses destes que nos fazem sentir orgulhosos. Quem resistiu ao Marcelo Caetano e à censura marcelista, não ia agora recear represálias deste governo, cujo chefe se "mistura" com o povo, às compras no IKEA.
Estou a ler "As Luzes de Leonor" que, como sabeis, é de sua autoria. Um grande livro, até no sentido físico. É um gosto; é de um lirismo e poeticidade maiores.
O que não admira, sendo ela a poetisa que é.
Gabriela