TRUMP(A)

PARTIDOCRACIA


Quando se sabe que o "antigo" governo de Passos Gaspar Portas fez saltar para ele um elemento ligado ao BPN...

Quando se sabe que o "novo" governo de Passos Portas tem, em destaque, um ministro com passagens não só pelo BPN como pelo BPP. Quando se nota que o governo procura branquear esse facto. Quando é considerada podridão, não esse facto, mas a crítica a esse facto. Quando se elogia "quer do ponto de vista profissional, quer do ponto de vista político" o seu currículo como "irrepreensível", com "garantias de competências e provas dadas para o exercício de funções públicas"...

...a gente conclui que
o crime compensa.
ou, retirando-lhe a carga criminal, que não está provada, que
a incompetência compensa.
ou, no mínimo, que
ser dirigente partidário compensa.
E que este regime, em que o azar nos fez viver, de democrático tem só o momento do voto. E, ainda assim, só quando a isso os partidos que dominam o sistema são obrigados. ou quando cheiram que o voto lhes será favorável.

escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Veja a coisa pelo lado positivo: pode ser que eles, agora, consigam intrujar a Troika!
É a mancha laranja.
Zé do Telhado