TRUMP(A)

EX-CITAÇÕES * 142. o esgoto da história

(…) Aquele que abriu o esgoto perecerá pelo esgoto. É no esgoto da História que vão acabar os que actualmente nos governam. É lá que ficam bem; é com o esgoto que eles rimam a preceito.(…)

(…) Em 14-18 desfez-se o mundo nas trincheiras, a tiros de bala e de canhão. Agora a destruição é menos ruidosa e mais eficaz: dá-se cabo de tudo nos mercados. Matam-se as pessoas, de fome e de doenças mal atendidas -- porque não há dinheiro para a maioria, a bem do enriquecimento obsceno de alguns poucos. Em Portugal, o iletrado Passos Coelho, anafado de “clichés” mal digeridos, e o narcisista Paulo Portas, deslumbrado com a sua própria manha, são os oficiantes desta missa sinistra.
Nuno Crato parece o pau mandado de um grupo de gente sem escrúpulos que, a bem da “decantada” liberdade de escolha (de quem?), quer transformar a educação num negócio (bom para o “grupo” e ruinoso para o Estado, isto é, para os contribuintes). A saúde tem estado a sofrer tratamento igual. (…)
[Eugénio Lisboa, escritor, ensaísta, poeta]

escrito por Gabriela Correia, Faro [imagem rapinada daqui]

0 comentário(s). Ler/reagir: