TRUMP(A)

A LURDES FOI CONDENADA. DISCORDO DOS TRIBUNAIS


Esta, que dá pelo nome de Maria de Lurdes Rodrigues,
[ex-ministra da educação, de muito má memória, de um governo xuxa de Sócrates, de muito má memória]
foi condenada a três anos e seis meses de prisão. Com ela, foram também condenados João Pedroso e João da Silva Batista
[este, secretário-geral do Ministério da Educação do mesmo governo xuxa].
Razão:  João Pedroso
[irmão do antigo ministro xuxa Paulo Pedroso]
foi contratado pelo ministério dos xuxas, por ajuste direto, para coordenador de um grupo de trabalho responsável pela compilação e sistematização da legislação do Ministério da Educação
{rico contrato!, digo eu]
e que, em 2007, envolveu um segundo contrato no valor de 220 mil euros (mais IVA), que não chegou a ser cumprido pelo irmão de Paulo Pedroso.

A Lurdes condenada discorda e trata mal os tribunais. E eu, também: as referidas penas foram suspensas; mas que raio de justificação justificará tal suspensão?

escrito por ai.valhamedeus

2 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Foi esta sujeitinha que começou a perseguição aos profs , mentindo e dizendo que era para premiar os bons. Viu-se...Mas o Crato consegue refinar!
Zé do Boné

Anónimo disse...

Ómessa! Yallah!

Mas o simples e escorreito facto de ser Raissa da Waqf Luso-Amaricana, correlacionado com a disposição de processo penal que garante suspensão a delinquentes primários condenados a penas inferiores a 5 anos, não bastará para lhe granjear - de pleno direito! - tal suspensão???

Quem se deve estar a cuspir todo é Vara dos carapaus!