TRUMP(A)

UM TEXTO ENGRAÇADINHO

Um texto muito engraçadinho da "meio-engraçadinha" Elisabete Azevedo-Harman dá ao Jerónimo (o engraçadinho de Sousa)
"algumas sugestões e, claro, podemos encontrar-nos e eu levo-te ao meu cabeleireiro, manicura e mesmo a uma depilação".
Em síntese (para quem não quer ler o texto todo -- mas vale a pena e nem é longo):
  1. Sorriso.
  2. Relativizar. O mundo não está contra ti.
  3. Esse pulôver vermelho sempre nas costas é uma deliberação do comité central?
  4. Resistir à dor de corno. Haverá sempre mais engraçadinhos e engraçadinhas que nós.
  5. Cabeleireiro. Tens de decidir: ou sim ou sopas. Tens de deixar de ser sovina e deixar esse barbeiro e ir a um cabeleireiro gay da moda. Eu sei que para ti essa coisa do gay não te agrada, mas achas que esse barbeiro viril que te faz essa popinha desde a época Brejnev te vai tornar ‘engraçadinho’?
    Jerónimo, amigo, estou contigo. A luta continua, vamos fazer-te não digo sexy mas, pelo menos, limpamos essa coisa sem graça.
escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: