TRUMP(A)

OS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES

(editado aos 28 minutos de 8 de Junho)

2 vitórias (para mim): a derrota do Partido de Sócrates e, ao que parece, os Partidos Piratas estarão representados no Parlamento Europeu, pela primeira vez. A notícia, aqui.

Deixo o convite aos leitores do Ai Jesus!: comente os resultados das eleições, à medida que eles forem surgindo. Basta clicar, já a seguir, em comentário(s). Ler/reagir
[como é sabido, neste blogue os comentários são publicados sem qualquer censura].
escrito por ai.valhamedeus

17 comentário(s). Ler/reagir:

jcosta disse...

A "coisa" [não, não estou a referir-me ao Berlusconi] pode ter este desfecho:
PS - 7
PSD - 7
BE - 3
PCP - 3
CDS - 2

jcosta disse...

Dizem-me que há poucos "sucialistas" no Altis. Alguns estarão já a tirar fotocópias?!

freespirit disse...

Por certo que será geral a opinião de a nossa classe política não nos prestigia.

Para já, o que não prestigia com certeza é a taxa de abstenção.
Claro que pode haver maus políticos, mas também será legítimo dizer que há maus (não) eleitores.

jcosta disse...

Ó Free não tarda e estás a defender a obrigatoriedade do voto!
Será?

freespirit disse...

Essa ideia não se depreende do que referi.
Todos temos direito de ir votar e o direito de o não fazer.
Quem se não revê em qualquer um dos partidos candidatos, vota em branco. Não votar é lavar as mãos da decisão e empurrá-la para os outros.

Fátima Rodrigues disse...

Uf!
Será que podemos começar a respirar de alivio?!!
Tudo indica que sim...
A "coisa" (portuguesa) está renhida!

jcosta disse...

Essa é apenas uma perspectiva da questão. Se as pessoas descobrirem que o seu voto merece respeito; se a classe política se fizer respeitar; se a democracia conseguir sair do "coma" em que se encontra, as pessoas voltarão a participar. O voto em branco acaba por ter efeito idêntico à abstenção. Em quem vota quem vota em branco? Quem vota em branco não empurra a decisão para os outros?
É preciso que cada um de nós, enquanto cidadão, e os políticos, enquanto nossos representantes, todos estejam à altura das suas responsabilidades. Por enquanto o falhanço rotundo está do lado dos políticos, fundamentalmente dos que estão ou estiveram no poder.

jcosta disse...

Voltemos ao comentário dos resultados.
Em França o partido socialista conseguiu a honrosa percentagem de 16,8%. Se começarmos desde já a trabalhar, este resultado estará facilmente ao nosso alcance. Vamos a isso!

toino do campo disse...

Tens razão, jcosta! É preciso derrotar o pê-èsse em todas as frentes. A primeira já está...

jcosta disse...

Dia 7 de Junho de 2009, 21:00H: "Silêncio absoluto no hotel Altis onde estão os socialistas" legenda da SIC.

Bea disse...

A prenda que lhes demos é a primeira...teremos outras. Força contra eles!!!

jcosta disse...

Depois de terem ido - uma e outra vez - à rua, os zecos foram votar! este ano, não sei se ainda voltaremos à rua, mas votaremos mais duas vezes. Nada que interesse ao ps, penso eu.

vitor m disse...

Não me agrada a vitória do PSD (versão mais hardcore do P"S") mas estou entusiasmado com a estalada eleitoral nos focinhos arrogantes dos xuxialistas. (sendo abstémio, confesso aqui que até bebi um golito de Porto para comemorar...)
Que isto se repita nas legislativas!

Anónimo disse...

O choque anti-PS nas próximas ainda vai ser maior, muitas das empresas não irão reabrir portas depois das "férias" que serão permanentes face ao conjunto de factores sociais e económicos que afecta as micro e pequenas empresas aliado ao facto das penalizações sociais, que estão obrigados independentemente dos resultados reais. Já as "médias" e grandes vão aproveitar a "crise" para se deslocalizarem para paraísos onde a mão-de-obra é mais em conta e não existe uma protecção social aos trabalhadores tão penalizante.
O Socas não vai ter coelhos da cartola para tirar, e os passes tipo arranjar compradores para a quimonda (Familia Zé Eduardo Santos e EDP) ainda nos irão penalizar mais porque seremos nós a pagar sem retorno, ou seja mais um BPN...

Anónimo disse...

Incompreensivelmente o partido de socrates ainda tem muitos apoiantes.

26 % é uma votação expressiva e demonstra bem como muitos eleitores ainda se deixam enganar por estes coveiros.

Esperemos que nas próximas a percentegam vá para números reais, isto é, para o número de xuxas mais os militantes.

Destaco, pela positiva, a percentagem elevadíssima de abstenção, bem demonstrativa de que o eleitor se está borrifando para os políticos.

Anónimo disse...

Fatal comó destino:
Perdeu a parelha de xuxas: Vital + sócrates

Bonito de se ver foi como ambos queriam para si os louros da derrota.

Patético mesmo.

Agora tudo vão fazer para apagar 3 anos e meio de governação desastrosa.

Aumentou o desemprego, a insegurança,
piorou a saúde, a educação

aumentou os impostos
aumentou a dívida pública
O deficit da balança de pagamentos é um escândalo

Vou rir para assistir à renovação de mais promessas nestes 4 meses que faltam para as Legislativas.

Vou rir às gargalhadas com o esforço que vão fazer para enganar alguns eleitores mais crédulos.

A equipa pinoquial já está a trabalhar em novos slogans

Também gostei de saber que Correia de Campos vai para a Europa.
E foi dos poucos que não disse asneiras pois esteve sempre calado.
A passagem pelos hospitais fez-lhe bem e quanto mais longe da pátria melhor

gcosta disse...

O comentário de António Pina, no JN, sob o título "Todos gratos":

"Estava mesmo a ver-se que o tiro da "roubalheira" do BPN e outros tiros no pé, como o da "bárbara agressão" do 1.º de Maio ou o do "PCP de Direita", iriam sair pela culatra ao "professor de Coimbra, meu Deus!". Vital Moreira bradou (e Ana Gomes re-bradou) que "figuras gradas do PSD" estariam envolvidas na "roubalheira", no "escândalo" e na "vergonha". Afinal, segundo se soube entretanto, parece que há também figuras gradas de outro partido - aquele por que ambos se candidataram - "envolvidas" (o que quer que isso queira dizer). É o que acontece quando se cospe para o ar, o cuspo acaba por cair em cima do cuspidor. Em certas matérias, aconselha o bom senso que nem PS nem PSD se apedrejem, e até um professor de Coimbra, ainda por cima "meu Deus!", deveria saber que não é bom para nenhuma delas as comadres começarem a arrepelar-se uma à outra, pois acabam ambas carecas. Ontem, Sócrates, reconhecendo a carecada do PS, agradeceu a Vital Moreira; os restantes partidos têm também razões para lhe estarem gratos. Quer a vitória do PSD quer as subidas eleitorais da CDU e do BE lhe ficam a dever muito".