TRUMP(A)

NETBOOKS EDUCATIVOS

A espanhola Personal Computer & Internet deste mês inclui um guia de compras pensado para o regresso às aulas. "Tecnología con educación" propõe uma série de equipamentos no sentido de melhorar a forma de aprender: computadores de secretária, "nettops", portáteis convencionais e "desktop", netbooks, impressoras e multifunções. Divulgo as propostas de netbooks, dado o interesse crescente de que são objecto, como segundo computador para situações em que o peso e a autonomia sejam características importantes.

Os 3 modelos sugeridos são o Asus EeePC 1005HA, o Acer Aspire One 751H e o Sony Vaio W, com as seguintes características:

Asus: Processador - Intel Atom N270; Memória - 1 GB DDR2 800; Disco: 160 GB SATA; Ecrã: LED 10'', 1.024 x 600; Gráfica: Intel GMA 950; Autonomia: 6 células, até 10,5h; Peso: 1,27 Kg.

Nb: embora a revista o não refira, há 2 modelos deste Asus: a diferença está essencialmente na autonomia: o modelo M anuncia 8,5h -- o modelo H, 10,5h.

Acer: Processador - Atom Z520, 1.33GHz; Memória - 1 GB DDR2 667; Disco: 160 GB SATA; Ecrã: LED 11'', 1.366 x 768; Gráfica: Intel GMA 950; Autonomia: 6 células, até 6h; Peso: 1,35 Kg.

Sony: Processador - Atom 280, 2.66GHz; Memória - 1 GB DDR2 667; Disco: 160 GB SATA; Ecrã: LED 10'', 1.366 x 768; Gráfica: Intel GMA 950; Autonomia: 3 células, até 3h; Peso: 1,19 Kg.

Chamo a atenção para a elevada autonomia do Asus (ver acima) contra a reduzida do Sony
(o máximo de 3h fá-lo perder uma das grandes vantagens dos netbooks).
Se valorizar o desempenho, o Vaio é a escolha acertada, ainda que o preço seja bastante acima do normal
(na Fnac, o 1005HA custa 279€ na sua versão M e 329€ na versão H. O Acer, 349€. O Sony, não o encontrei à venda; informaram-me de que ainda não teria chegado a Portugal, a revista anuncia um preço de 499€).
O rendimento do Asus, no domínio do multimédia, é medíocre, mas, como equipamento para viagens é uma ferramenta quase inigualável. O Acer tem ecrã de 11'', com resolução melhorada, mas à custa de um processador inferior ao do Asus; é um modelo a ter em conta, se se precisa ecrã em condições e uma autonomia decente.

Além das características já referidas, o Sony distingue-se pelo processador, o excelente desenho e um teclado e um acabamento acima da média.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: