TRUMP(A)

VAGAS NÃO É O MESMO QUE QUOTAS

A 2 de Dezembro passado, Mário Nogueira pregava assim:

«A manutenção de mecanismos ou dispositivos de ordem administrativa, designadamente as quotas para a avaliação ou as vagas para a progressão, inviabilizaria qualquer acordo» [citação retirada daqui].
Se a Fenprof assinou agora este acordo, seria de supor que não há nele nenhum dos tais mecanismos. De facto, a palavra quotas nunca aparece -- é substituída por vagas. Acorda-se logo nas páginas 2 e 3:
"A progressão aos 5.° e 7.° escalões dependerá da fixação anual de vagas de âmbito nacional".
Talvez Mário Nogueira precise de um dicionário de português que lhe esclareça a equivalência dos significados de quota e vaga
[e eu fico com a sensação de que há por trás disto tremoços que eu não vejo].
escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: