TRUMP(A)

de faxina - 19. ANTIVIRUS PARA LINUX

É possível que o leitor, ao ler o título deste texto, tenha exclamado: mas em Linux não há vírus! De facto, em Linux (quase) não há vírus. Quero dizer, os vírus concebidos para atacar sistemas Linux são escassos e
[dada a "filosofia" desses sistemas]
os danos provocados terão sempre efeitos diminutos.

O que é que pode levar, então, à instalação de um antivírus em Linux? A razão principal é a possibilidade de se descarregar um ficheiro infectado e reenviá-lo a alguém que use sistemas mais vulneráveis
[eu próprio, por exemplo, utilizo às vezes o Windows e é bom ter a certeza de que todos os ficheiros do computador estão "limpos"; porque, trabalhando em Windows, os estragos podem ser verdadeiramente lamentáveis].
Deixo, por isso, sugestão de 4 antivírus gratuitos para Linux, baseado na Personal Computer & Internet de Maio/210:
  1. Avast ("uma solução de confiança");
  2. AVG ("a solução profissional"; mais profissional que Avast);
  3. ClamAV ("um antivírus de código aberto", pouco conhecido do utilizador mas presente em 500.000 servidores em todo o Mundo). Vem na totalidade dos gestores de pacotes das distribuições Linux (procure-o no Centro de Software Ubuntu, no caso de ser este a distribuição que usa)
  4. F-Prot ("antivirus com sistema heurístico muito eficiente", podendo mesmo detectar vírus não catalogados). Consulte uma página da web em português.
escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: