TRUMP(A)

A ESEN E OS MEGA-AGRUPAMENTOS

O Conselho Geral da Escola Emídio Navarro de Viseu remeteu, hoje, para a Comunicação Social a nota, assinada pelo seu Presidente, Jerónimo Costa, que a seguir transcrevo:

O Conselho Geral da Escola Secundária de Emídio Navarro, reunido em 6 de Julho de 2010, perante a iminente entrada em funcionamento das medidas de emparcelamento de agrupamentos e escolas e o reordenamento da rede escolar, vê com preocupação as consequências da implementação das referidas medidas. Desde logo, tais decisões, porque afectam a consagrada autonomia da escola e fragilizam os seus órgãos democraticamente eleitos, merecem uma viva recusa por parte do Conselho Geral que não está disponível para abdicar dos direitos e deveres consignados por lei. Acresce que este órgão mantém legítima reserva sobre as propaladas vantagens da aplicação de tais medidas, por considerar que elas acarretam a perda da identidade da escola, dificultando o funcionamento de todos os seus órgãos de gestão, transformando a ESEN num mega-agrupamento com milhares de alunos, centenas de professores e realidades pedagógicas e curriculares diferenciadas. Consideramos que tais decisões, a serem implementadas, não defendem nem pugnam por uma escola pública de qualidade, razão primeira do nosso empenho e do nosso esforço.

O Conselho Geral apela às forças políticas, disponíveis para o debate sério e consequente, no sentido de fazerem o que estiver ao seu alcance na defesa da qualidade de uma esola pública, com profundo carácter humanista, capaz de potenciar em todos os intervenientes um presente estável e tranquilo, garantia bastante de um futuro que não desejamos nem queremos hipotecar.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: