TRUMP(A)

CABRÕES (QUERO DIZER, LADRÕES)!

...e choveram mais medidas de austeridade. O cinto está mais apertado para, dizem-nos, reduzir o défice e combater a crise. Eu, apesar de não entender nada de economia, entendo que baixar os salários e aumentar os impostos... e aumentar ou diminuir o resto que toda a gente já sabe de ginjeira -- tudo isto reduz o défice
[potencialmente. momentaneamente].
Falta é explicar como é que assim se combate a crise. Vão ficar com algum do dinheiro que eu ganhava, vão-me levar mais do dinheiro que ainda me dão... está bem... mas, digam lá, o que é que vão fazer com esse dinheirinho?

A grande dificuldade destas "coisas"
[chamo-lhe assim porque não entendo nada disto]
é, competentemente, arranjar modo de, daqui a uns tempos, não voltarem a ficar com mais do dinheiro que eu ganharei e levarem mais do que ainda me darão
[para o caso de algum leitor já ter esquecido, recordo que, em Maio passado, a brincadeira já foi esta, para reduzir o défice para 4,6%].
Reduzir salários e aumentar impostos... e ponto final? assim, qualquer filho da puta pode ser ministro
[havendo ou não um qualquer cão de fila chamado Mário Soares ou Almeida Santos que acolite e incense a cerimónia]!
escrito por ai.valhamedeus

9 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

As boas intenções da esquerda dão sempre nesta merda. como só sabem distribuir, nada sabendo ou sendo capazes de produzir, chegam ao poder com algum dinheiro nos cofres e alimentam o estafado estado social "tiram aos ricos e aos portugueses em geral para dar aos supostos pobres" ou seja ás clientelas... estas por sua vez gastam o que não lhes pertence e nada produzem em troca. assim ganham eleições e passeiam a incompetência. o Soares a quem todos tiram o chapéu foi a pior coisa que podia acontecer a Portugal. De uma incompetência extrema, com o paleio iludia as multidões e "enfiava" o FMI no ministério das finanças para "saquear" os portugueses. o Soares como todos os socialistas que nos governaram esbanjaram, comeram e empobreceram este triste país de grandes pessoas, mas de fracos governantes.
Portugal é pequenino mas merecia governantes um pouco mais capazes... todos merecem.

Robin dos bosques disse...

Parcialmente de acordo com o anónimo anterior. Agora essa de "tiram aos ricos..."?! Tiram aos ricos?! Quais ricos?

José Cunha disse...

Oh anónimo, esquerda?! Sinceramente!!!
O dinheirinho vai para os mesmos de sempre...para o capital. O de cá e o de lá. Quem gastou mais do que produziu não foram aqueles a quem estão agora a tirar o dinheiro, foram os que o estão a tirar. Quem é que compra submarinos que não servem para nada, quem constrói estádios que não servem para nada, quem constrói auto-estradas para depois não nos deixar andar nelas, quem constrói casas que depois não vende, quem concede crédito recorrendo a crédito no estrangeiro e porquê? Quem abre o comércio a produtos chineses e outros, arruinando a produção nacional? Quem subsidia e isenta de impostos multinacionais, que depois vão embora para onde possam obter mais lucro? Quem? E quem ganha com tudo isto?
A esquerda, anónimo?!

Anónimo disse...

veja os anos que a esquerda governou e o trabalho que deixou feito ou está a fazer... acho que são factos... qual o melhor período para o povo português em tempos de democracia? o que fizeram os esquerdistas quando se apropriaram de meio Portugal roubando-o aos legítimos proprietários... destruiram-no e quanto não restava nada devolveram-no outra vez para ver se os maus ainda lhe arranjariam um trabalhito que desse para comer... o resto é folclore... que é uma diversão que agrada á esquerda

José Cunha disse...

Pois claro...está bem!Foi a esquerda que governou o país depois de 1974 e, por essa lógica, antes também foi! A esquerda dos Melos, dos Champalimaud, dos Belmiros de Azevedo, dos Amorins, das multinacionais, das NATO, FMI, OMC,Banco Mundial,CIA, OCDE, UE!...Pobres coitados!Tão prejudicados e, ainda assim, resistiram a todas as crises, aos PREC's, aos bandidos da reforma agrária! Estoicamente, digo eu! Uns por puro patriotismo e outros porque mal vêem um país a subdesenvolver-se,deixam tudo e vão logo lá para o ajudar a tomar as medidas necessárias (e corajosas, mas, já se sabe, desagradáveis) para o salvar da tragédia!
Se deus existisse, diria: louvado seja Deus!
Quem governa um país, assim, não é de esquerda...bolas:(
Caro anónimo,perdoe-me o sarcasmo. Apeteceu-me dizer isto assim, porque é assim que sinto.

Miguel Arcanjo disse...

Alguém tem que proibir o sarcasmo neste blog! Assim não pode ser, porque o respeitinho é uma coisa muito linda. Vem un gajo (ou seja, un anónimo) cheio de vontade de analisar profunda e seriamente as desgraças da esquerda... e logo um Zé Cunha qualquer lhe dá na cara o honroso nome do grande patriota Belmiro Joaquim Amorim Jardim Champalimaud Melo de Azevedo, NATO e criado na verdadeira democraCIA, sempre bUE de acarinhada pelo FMI, para criar uma tremenda confusão.
Aqui fica lavrado (porque já não há quem cave)o meu protesto contra o sarcasmo. A bem da nação.

Zé Cunha disse...

Caraças!Lixaste-me,pá!
Ite, missa est.

Miguel Arcanjo disse...

Para que aprendas a respeitar, meu malandro. Se te arrependes, ainda te podes safar do fogo do inferno.

Anónimo disse...

Vejam com os olhos, escutem com os ouvidos e apalpem com as mãos: a esquerda só cria pobres, mais ainda pobretanas... os regimes de esquerda foram regeitados pelos povos e vocês pelos vistos também não procuram emigrar para eles... podem sempre reunir-se novamente, expulsar os diabólicos capitalistas e mergulhar este povo na mesma pobreza que se seguiu ao 25 de abril e que agora todos teremos que pagar.
O facto é que os povos mais prósperos são governados pela esquerda e direita moderada que respeitam e apoiam a iniciativa privada, única mola de desenvolvimento dos povos... o marxismo colectivista e teorias afins, tiveram o seu tempo e foram rejeitadas liminarmente pelos povos... contra factos não há argumentos...