TRUMP(A)

CAÇA FANTASMAS

Entre outras, tenho uma turma de EFA
[não sei se isto se podia dizer]
que precisava de sensibilizar em matéria tão inóspita como preconceitos, estereótipos e discriminação
[por esta ordem ou, arbitrariamente, por outra].
Procurava algo actual, pertinente e persuasivo. Fui então em demanda e “achei”, começando por ser eu próprio o surpreendido. Seguindo a BBC | Brasil, num ápice, estava na Catalunha, bem por dentro de uma campanha eleitoral que, no próximo Domingo, nos dará a conhecer quem governará a região autónoma por aquelas bandas. Até aqui, tudo normal, não fosse um partido da oposição
[o PP]
ter lançado um “videogame” em que Alicia
[a heroína candidata],
qual Tomb Rider, se lança nos dedos dos eleitores à procura de imigrantes, independentistas, falta de liberdade, desemprego e o desperdício de dinheiro público. Mistura explosiva, onde, vá lá saber-se porquê, arredia, figura a liberdade. Tempos de caos, ou de brincadeira tola
[mas séria],
de onde o humano parece querer escapar-se em definitivo.

Valeu-me “regressar” ao Brasil e recuperar a “Lavagem cerebral” do Gabriel que continua pensador. Preconceitos? Mitos urbanos, nã, está aí tudo!

A seguir veremos o filme “Colisão” (2004) ou, quem sabe, “Gran Torino” (2008), para esbater videogames que “caçam” imigrantes e aprisionam a civilização num beco
[quase]
sem saída.

Pode conferir aqui.


escrito por Jerónimo Costa

0 comentário(s). Ler/reagir: