TRUMP(A)

SÓCRATES EM TEMPOS DE CRISE

Hoje recordo o número 338 da revista Sábado, do passado próximo Outubro. Em 6 miúdas páginas desocultam-se as despesas de Sócrates durante a crise: são, por dia, €382 de telemóvel; €436,7 de combustível
[a presidência tem/tinha 448 carros. Sócrates nomeou 20 motoristas, além de 13 secretárias];
[...]. Em 2009, Sócrates gastou mais 20 mil euros do que Zapatero
[contrariamente a Sócrates, Zapatero não tem direito a despesas de representação, que sobem 7,4% em relação a 2005];
em 2011, serão mais € 17.702.

O relatório está todo a seguir, incluindo as muitas perguntas que a revista fez ao governo e ficaram por responder. Não sei o que terá comentado o ministro das Finanças; tento adivinhar a acusação ao semanário: "populismo!"

[clique nas imagens para ler]







escrito por Gabriela Correia, Faro

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

que bom saber isso
Saber que temos um PM de nível, ousado e gastador!!!
Coisinha boa
Coisinha fofa

Nada de comprar o "nosso" com o tamanqueiro castelhano.
Criatura sem nível, sem cultura, sem applon.