TRUMP(A)

OS LIMITES DA DECÊNCIA

É verdade que tal e que coisa e que não sei quê. 'tá bem, seja! mas assim, não, caramba!: ouvejam este vídeo e depois digam-me se a (in)decência não tem limites. Ai tem, tem
[depois queixam-se que o Pinto de Sousa isto, que o Pinto de Sousa aquilo, que o pê-èsse não sei quê e que o pê-èsse não sei quantos]...



escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Isto sim é o hino de uma geração.
Qual Deolinda, qual...