TRUMP(A)

EM LOUVOR DO OLHÓMETRO

Como é público, o Futebol Clube do Porto é o vencedor do campeonato (ou lá como se chama isso agora) de futebol deste ano. É-o desde ontem, nas condições e circunstâncias que são públicas.

Apesar disso, um programa sobre futebóis da Sic Notícias acaba de começar com uma pergunta aparentemente tola:
o FCP é o justo vencedor do referido campeonato?
Esta é uma pergunta legitimamente... legítima. Objectivamente
[isto é, face aos critérios, subjectivos, que decidem qual a equipa vencedora -- genericamente, a que tem mais pontos finais]
o vencedor é indiscutível. O problema nasce da problematização desses critérios: só pode responder negativamente à pergunta acima formulada quem, discordando destes critérios, adopte outros.

****

Vem-me tudo isto à caneta
[que é como quem diz às teclas do computador]
para justificar a minha recusa em transformar a avaliação dos meus alunos no resultado de umas fórmulas inscritas em folha de Excel. Continuo a recusar a exigência eduquesa de mascarar a inevitável subjectividade da avaliação com a máscara de critérios pretensamente objectivos
[só porque quantificados].
Em questões de avaliação, continuo a ser adepto fervoroso do "olhómetro"
[ainda que não, como nunca, da arbitrariedade].
escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: