TRUMP(A)

Só cretinices. 1

É publicamente conhecida a minha admiração pelo Sócrates. Uma das qualidade maiores do Sócrates é a facilidade com que usa uma linguagem que todo o povo entende. E entende-a, por ser a linguagem que o povo usa.

Havendo dúvidas, aqui deixo uma prova:

O Sócrates disse que o acordo com o fmi não tem mais cortes nos salários da função pública. Nem mais (nenhum) despedimentos na função pública. Nem mais alterações à idade da reforma. Nem haverá, essencialmente, mais medidas do que as do pec4. Nem mais medidas orçamentais para 2011...

É essa a minha linguagem e a linguagem do Sr. Zé, tudo gente do povo.

O Sr. Zé é um simpático funcionário do restaurante onde, quase invariavelmente, tomo o meu almoço económico. Quase invariavelmente, o Sr. Zé, quando topa que parei de comer, pergunta "Então?! não come mais nada?". E, quase invariavelmente, respondo "Não, sr. Zé! Não vai mais nada".

Entendamo-nos: não vai mais nada... até ao dia seguinte, no restaurante, onde irá mais qualquer coisinha. Noutros sítios, até ir mais qualquer coisinha. Minto eu ao Sr. Zé? Eu acho que não -- e nem ele nunca se queixou. É a linguagem do povo, a linguagem que o povo entende...

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: