TRUMP(A)

OS DEPUTADOS E O ALGARVE


Diz o Expresso online que os deputados eleitos pelo Algarve

(não são necessariamente algarvios, nem representam o Algarve)
vão propor a redução das portagens na A22 para 4 cêntimos dos actuais 9 por quilómetro.

Há um equívoco enorme nestas coisas. Os deputados não são do Algarve. Não representam o Algarve. Esta posição é a posição usual e oportunista de todos os deputados. Leia-se a Constituição. Diz o

Artigo 152.º
Representação política
1. (...)
2. Os Deputados representam todo o país e não os círculos por que são eleitos.

Mas eles insistem.

Mas a sacanice não acaba aqui. Poderia algum algarvio pensar que estes senhores querem o bem dos algarvios. Não, senhor. A justificação vem logo a seguir. É que assim, justificam os pilantes,
Os deputados do PSD eleitos pelo Algarve vão propor ao Governo que estude a possibilidade de reduzir as taxas de portagem na A22, de forma a aumentar significativamente o tráfego e assim ampliar as receitas para o Estado.
Nem mais. Oportunistas até à medula. Depois virão invocar o seu amor ao povo, como móbil da sua iniciativa...... Lacaios!

Ler mais, aqui.

escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: