TRUMP(A)

MÚSICA PARA O FIM DE SEMANA - el cabrero



[1992. Está aqui]

Para quem gosta de flamenco...
José Domínguez Muñoz. Aznalcóllar [mais conhecido por El Cabrero] (Sevilha), 1944. Cantaor. Uma das personalidades mais singulares da arte flamenca contemporânea. Pastor de cabras, efetivamente, desde muito novo, mantém-se fiel a uma filosofia da vida em que prima o amor à natureza, a começar  pela vestimenta característica. Nas letras que canta, muitas das quais suas, especialmente as dos fandangos, dá testemunho de falta de resignação relativamente a muitas coisas da sociedade atual, chegando assim facilmente ao povo simples que se identifica con essa forma de sentir. "Enquanto o cante for música viva há que acrescentar-lhe o que se vive, por muito demónio, fantasma, negrume ou tempestade que seja o que vem de frente". A sua última aventura artística é cantar tangos argentinos, tendo lançado um disco.

[traduzido daqui]
escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: