TRUMP(A)

ROSSINI


O meu baú recordou, ontem, duas facetas de Rossini, na passagem do seu 220º aniversário: a do compositor (de óperas) e a do amante da culinária. Através de, respetivamente, O Barbeiro de Sevilha e o turnedó de Rossini. No texto A cozinha e a música de Rossini.

Um dos trechos d'O Barbeiro propostos para audição foi este final do 1º Ato ("uma das criações mais rebeldes de Rossini":


escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: