TRUMP(A)

CATS CAFÉ

Está na moda cafés com gatos a passearem pela sala. Nascida em Tawan, a moda espalhou-se no Japão e já chegou a Viena. Coisa simples. O "pessoal" senta-se, os gatos ronronam por alí enquanto se bebe um chá ou outra coisa qualquer. Paga-se só por estar sentado, mesmo sem consumir, claro.

A experiência ou o modelo já se estendeu a outros animais. Lagartos, répteis, aves, cães, etc. Quem o noticia é o jornal I.

Estou a pensar num fleas ou louse cafe, para relembrar o do Porto.

escrito por Carlos M. E. Lopes

2 comentário(s). Ler/reagir:

Ilda Ribeiro disse...

acho que nao assinei o comentario, peço desculpa

Ilda Ribeiro disse...

Acho que afinal o que não ficou foi o comentário, vou ver se faço o raciocinio novamente...era aproximadamente isto....
Pulgas e piolhos não é a imagem que tenho do Porto mas possivelmente ainda era no tempo que não o conhecia. Desde que conheço Porto agrada-me muitos dos seus espaços embora ache Lisboa culturalmente mais atrativa.
Quando adolescente vivi em Bruxelas e o meu espanto cultural foi para os cães viajarem no transporte público e mais que isso… nós nos levantar para as senhoras que iam com eles ao colo se sentarem…como se uma criança fosse!!!!os dias iam passando e eu lá me ia habituando embora com relutância, os meus cães em Portugal (de caça) estavam muitas x presos pela trela……na rua....
Faz poucos anos em Lausanne num restaurante vi um cão entrar com os seus donos e lá me acorreu à cabeça os cães da Bélgica…mas de espanto em espanto lá fui eu ter que assimilar novos hábitos culturais pois o cão sentou-se numa cadeira ao lado dos seus donos à mesa. E, portou-se muito bem…pelo que concluí que há cães que se portam melhor que os humanos! A educação por x é de berço (mas nem sempre)
Enquanto formos por cães e gatos vou-me habituando mas já com repteis vai piar mais fino, pois tenho fobia a animais rastejantes mesmo que sejam humanos.