TRUMP(A)

hoje é sábado 182. PERFÍDIA

Incrível como se ama
qualquer animal
recém-nascido.
por isso, ainda
que em vão, amamos
o amor quando nasce, esse
animal que em criança
alimentamos,
e que um dia
nos comerá o coração
[Tiago Nené, ALGARVE - 12 poetas a sul do século XXI, AAVV, Livros Capital/Liguagem de Cálculo, Faro, 2012, pág. 189]

escrito por Carlos M. E. Lopes

1 comentário(s). Ler/reagir:

Ilda Ribeiro disse...

Texto de Saramago (dizem, não fui confirmar! Mas como concordo, se não for dele tanto faz….)
Aqui vai…..
“Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.
Isso mesmo!
Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.
Perder....? Como....?
Não é nosso, recordam-se....?
Foi apenas um empréstimo....!"
José Saramago