TRUMP(A)

hoje é sábado 185. TERRAÇO ABERTO

Terraço aberto
aos ventos e aos astros
crivado
das balas de frescura
das ranhuras do sol

muros
onde vejo dedos
muros fraternos
de meus ossos

aqui respiro
através das flores
da chaminé
nos planos brancos
nos montes azulados
nas velas brancas
nas areias douradas

aqui respiro
a claridade
[António Ramos Rosa, coordenação TORGALl, Adosinda Providencia, FERREIRA, Madalena Torgal, Algarve, todo o Mar, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2005, pág. 167]

escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: