TRUMP(A)

ISENTOS DE IRS



As "letras gordas" do título leem-se bem e dão o essencial da notícia. Mas as "notas" em carateres mais pequenos também são importantes: "consultor do governo [o tal que ganha 225 mil] defende baixa de salários"; "Estatuto de funcionário internacional no FMI permite-lhe receber um ordenado isento de IRS".

Pois...

escrito por ai.valhamedeus

4 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

E não há quem ponha côbro a isto?
Gabriela

Ilda Ribeiro disse...

Ter moral!!!???haverá quem tenha? a frase os ricos que paguem a crise nunca teve tão certa!!! hoje dia 4 meio dia a dúvida inscreve-se na "alma" depois de outras análises que fiz, outros vidas outros trabalhos. Milagres não há, pelo menos com frequência ou descobrimos formas novas ou estamos "lixados". Eu sei que não disse nada, mas fiz o mesmo que o Borges......e ninguém se importou!!!!

Anónimo disse...

Não quereria dizer: nunca "esteve" tão certa?
Corremos o risco de eliminar o verbo estar e criar um novo: tar.
Marquesa de Alorna

Ilda Ribeiro disse...

Se Saramago pode inventar uma nova pontuação, se valter hugo mãe pode usar nova forma de…se Luís Peixoto pode……Porque não eu? Estar/tar………mas ainda bem que cada um de nós ESTAMOS atentos a coisas diferentes! Só que o $$$$$$$ neste momento é a questão! Ganhar bem, ser bem pago eu nunca tive problemas que os outros fossem, mas alguém achar que eu e tantos outros devemos (e estamos ) a ganhar menos e o Seu (do Borges) ser assim “elevadito”, acho que é uma questão mais grave, mais sensível digamos que mais aborrecida……………pelo menos para mim… que também gosto de fazer outras coisas que não comer, trabalhar.Digamos que gosto de atingir o topo da pirâmide das necessidades básicas………e haverá outros que gostarão de pelo menos ter as três primeiras (as de cá de baixo) asseguradas………e não foi erro de dactilografia foi mesmo falta de atenção e erro na “oralidade” transcrita …………a oralidade da minha infância continua a marcar-me e continuará, aliás tb cometo erros na escrita (maus professores na infância, má aplicação na adolescência e dispersão para outras áreas em adulta…(e agora já tanto me faz…………) mas acho Sª Marquesa de Alorna que tem importância, é importante e foi um erro, assumo!!!!!