TRUMP(A)

HOJE SOUBE-SE QUE MORRESTE

No dia da morte do António Rosa Mendes, o melhor de todos nós!


CARTA A MÁRIO CESARINY NO DIA DA SUA MORTE

Hoje soube-se uma coisa extraordinária,
que morreste. Talvez já to tenham dito,
embora o caso verdadeiramente não
te diga respeito, e seja assunto nossos (sic), vivo.

Algo, de facto, deve ter acontecido
porque nada acontece, a não ser o costume,
amor e estrume; quanto ao resto
tudo prossegue de acordo com o Plano.

Há apenas agora um buraco aqui,
não sei onde, uma espécie de
falta de alguma coisa insolente e amável,
de qualquer modo, aliás, altamente improvável.

Depois, de gato para baixo, mortos
(lembrei-me disto de repente
agora que voltaste malevolamente a ti)
estamos todos. A gente vê-se um dia destes por Aí.

[Manuel António Pina]
escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: