TRUMP(A)

DO CONTRA [99] sabores interditos


Do último número de Le Monde des religions, dedicado aos "SABORES INTERDITOS" pelas religiões, destaque para dois textos (em francês):

1. O editorial: Jesus e a felicidade.
Enquanto que toda a doutrina de Buda repousa na perseguição de um estado de perfeita serenidade aqui e agora, a de Cristo promete aos fiéis a verdadeira felicidade no além. Isto está relacionado não apenas com a vida do seu fundador - Jesus morre por volta dos 36 anos de modo trágico -, mas também com a sua mensagem: o Reino de Deus que ele anuncia não é um reino terreno, mas celeste, e a beatitude está por vir: "Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados "(Mateus, 5, 5).

2. O puro e o impuro, crónica de André Comte-Sponville.
Que um Deus de amor se preocupe com aqueles que estão com fome, eu posso facilmente entender. Mas que ele se importe tanto com o que comemos, principalmente quando se trata de refeições suculentas, tenho alguma dificuldade em acreditar.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: