TRUMP(A)

EX-CITAÇÕES * 140. comedores de velhos e criancinhas


escrito por ai.valhamedeus

5 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

é a vida. para os portugueses e gregos, claro. digam isso aos alemães que já viveram os dois regimes, ou aos russos, ou aos americanos, ou aos canadenses, ou aos suecos, ou dinamarqueses, u noruegueses...
mas mesmo os portugueses e gregos podem dizer que viveram um bom par de anos fartos a gastar o que não era seu e que agora não querem pagar.

Anónimo disse...

Mas quem é este/a bimbo/a que, de vez em quando , dá um ar da sua ignorância?
Zé do Telhado

Anónimo disse...

se quer discutir o que quer que seja, é bem vindo. se quer insultar, junte-se á canalhada de que gosta.
se acha que tem bons argumentos acerca do que aqui se diz ou critica, pegue na mala e vá viver para esses belos países onde o socialismo/comunismo é radioso: pode escolher o esplendor de Cuba, ou mesmo o capitalismo encapotado da china, mas pode também optar pelo esplendor da Venezuela.
Veja se percebe umas coisas simples: A UE tem quase três dezenas de países, o Euro, mais de centena e meia. todos vivem a mesma crise desde há anos, mas só dois estão na miséria - PORTUGAL e GRÉCIA. Eu por mim não aprecio o bando de pedintes em que o meu povo se transformou. Estou farto de que os outros povos olhem para os portugueses com comiseração, como miseráveis, que de facto é aquilo que somos. Se você fica satisfeito com isso, óptimo, continue na sua alegre caminhada, a bramir contra os alemães e os outros, que eles continuam a engordar enquanto nós caminhamos, sem a mão da caridade, para a alegre miséria e vá alimentando a ideia de que se não pagarmos quem se lixa são eles que não recebem que verá o que lhe acontece a si e ao restante povo. Vá até à Grécia, aproveita para fazer turismo e ver como param as modas.
os nossos problemas são graves de mais e os desbocados que apenas insultam nem fizeram, nem são capazes de fazer o que quer que seja para que a coisa melhor

Ai meu Deus disse...

Caro/a anónimo/a,

sabe o que é que (já me não) irrita na sua "argumentação"? o que já lhe disse mais do que uma vez: é que, quando decide comentar algum texto, esteja o que estiver em discussão, rapa da mesmíssima cassete e dispara o mesmíssimo discurso (um discurso ao nível do senso comum mais alienado ao discurso dominante -- mas isso é outro assunto).

Não me vou dar ao trabalho de ilustrar o que afirmo (entre outras razões, porque não valeria de nada), mas o/a anónimo/a, querendo, facilmente faz o exercício de analisar as suas "discussões". Só o/a convido a ler o que está, aqui, em causa: Jeff Sparrow tem ou não razão? é ou não verdade que foi o capitalismo a cumprir as "ameaças" do comunismo?

Liberte-se da cassete, homem/mulher de deus! Já é tempo disso! Pense!...

Anónimo disse...

Eu até tenho imensa simpatia pelo modelo comunista, ou comunitarista, ou cristão... acho que que os modelos comunitaristas são os melhores para a vida humana.
contudo as comunidades são constituídas por indivíduos e estes são isso mesmo, indivíduos, detestam a igualdade e vivem "em guerra permanente" consigo mesmos e com os outros - querem ser os melhores e destacarem-se dos demais.
as sociedades progridem pelo conflito e os indivíduos não vêm formatados para a vida em comunidade, mas sim para a "luta pela vida".
é a eterna luta entre o capitalismo/individualismo e o comunismo/colectivismo. ambos tiveram a sua oportunidade e continuam a tê-la no jogo da democracia e quer o sr Sparrow, Marx e companhia - que aliás defendem o comunismo mas sempre viveram em sociedades capitalistas fazendo parte das suas elites, propõem utopias, excelentes para fomentar o pensamento dos intelectuais que com eles formam as elites, mas rejeitadas sucessivamente pela maioria dos indivíduos que constituem os povos.
Esta é a realidade, o resto é conversa para nos entretermos.