TRUMP(A)

O ESTADO DA NAÇÃO LARANJA * dois tiros nos cornos


Mais uma vez, os troikos andaram por cá. E, como é hábito quando eles vêm, disse-se que eles disseram que é preciso baixar os salários como forma de aumentar a competitividade da economia, baixando os preços.

Os troikos têm objetivamente razão nisto: uma descida dos salários (não provoca necessariamente descida dos preços, mas) provoca necessariamente descida dos custos dos bens produzidos. É só meter os dados e as fórmulas em folha de Excel e ver os resultados objetivos.

No limite, uma descida máxima, por este lado, seria conseguida com mão-de-obra a custo zero. Ou antes, esse não é propriamente o limite: se os trabalhadores pagassem para trabalhar (e nalguns casos, contas bem feitas, é o que indiretamente já acontece), o custo dos bens produzidos seria ainda menor.

Como hipóteses meramente académicas, vamos agora supor que
  1. os trabalhadores se negavam, todos, a trabalhar. Qual seria o custo dos bens assim (não) produzidos?
  2. os troikos levavam, cada qual, dois tiros nos cornos, o mesmo acontecendo a quem os substituísse. Não diminuiria, assim, o preço que temos que pagar por esses senhores andarem por aí? Alguém meta os dados e as fórmulas em folha de Excel e diga os resultados objetivos.

escrito por ai.valhamedeus [foto rapinada ao Público]

0 comentário(s). Ler/reagir: