TRUMP(A)

hoje é sábado 300. TÉDIO

Não vivo, mal vegeto, duro apenas,
Vazio dos sentidos porque existo;
Não tenho infelizmente sequer penas
E o meu mal é ser (alheio Cristo)
Nestas horas doridas e serenas
Completamente consciente disto.
[Pessoa, Fernando, Novas Poesias Inéditas, Edições Ática, Lisboa, 1979, pág. 19]

escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: