TRUMP(A)

SÓCRATES, O COITADO...

Há muitos anos que não dou prendas no Natal. E cada ano que passa recebo menos (é natural)… Mas quero dizer que atingi o cume da alegria com a prisão do José Sócrates. Pode ser inocente, mas só o facto de ter sido preso me deixou cheio de alegria. Sempre o achei arrogante, ignorante, vaidoso, sicofanta, malandro. Chega?


Mas há uma coisa que não compreendo. O fulano deu uma entrevista à TVI
(mesmo que o meu Ilustre Colega Pedro Delile diga que não) 
onde afirma que nunca foi confrontado com qualquer facto criminoso. “Onde, quando e como?”. A partir daí vem a lume que o MP lhe quer instaurar um processo por violação de segredo de justiça. Como assim? Se o que ele disse é mentira, não há violação do segredo de justiça; se o que ele disse é verdade, só têm de libertar o homem…
(esta minha opinião é de cidadão, não de advogado. Enquanto tal, não me pronuncio, não conheço, não vi e não sei e não quero).
escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: