TRUMP(A)

Ó DA GUARDA!


O sector da saúde - na Guarda - não pára de nos surpreender, e as luminárias que o gerem arriscam-se a rivalizar com os célebres 5 efes
(Forte, Farta, Fria, Fiel e Formosa) 
que, amiúde, servem para retratar a cidade.

Escreve o JN (15/fev/2015), que a Unidade Local de Saúde (ULS), da Guarda, preteriu juristas internos e, para o mesmo efeito, contratou a firma Carrachás & Associados, com sede em Lisboa! O facto, já de si estranho, por serem descartados os juristas internos e ‘por existir o risco efectivo de tal decisão comportar prejuízos para o interesse público’, tem mais um condimento que o torna digno de requintado descaramento e que as elites governamentais, de tanto vestirem o hábito, já não se importam de o exibir: não é que a mulher do sócio principal da firma – Carrachás & Associados – ocupava o lugar de assessora do Secretário da Saúde (na altura da decisão), sendo que, no actual momento, é (apenas) Secretária- Geral do Ministério da Economia?

Mas, não é tudo. A senhora é (também) vogal não permanente
(actuando como consoante?!)
na Comissão de Recrutamento para a Administração Pública e (pasme-se) integra o conselho de Prevenção de Corrupção. Deixem-me replicar e mostrar (talvez infundada) indignação: ‘Prevenção de Corrupção’?

Continuam a brincar connosco e, depois, o programa do Syriza é que tem a fama de ‘um conto de crianças’, e nós só empobrecemos porque andámos a viver acima das nossas possibilidades.

escrito por Jerónimo Costa

0 comentário(s). Ler/reagir: