TRUMP(A)

ANTI-PIRATARIA * 36. aceder aos sites bloqueados

A Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC) enviou para os operadores de telecomunicações uma lista com 51 sites piratas que deverão ser bloqueados ao abrigo de um protocolo assinado no passado verão. A Exame Informática revela os sites bloqueados.



Tive conhecimento de que a Cabovisão já pôs em prática esse bloqueio. Acabo de verificar que a NOS, também, apresentando a mensagem A página a que pretende aceder encontra-se bloqueada na sequência do cumprimento de ordem judicial ou administrativa.

Bom...
  1. esta lista tem vários interesses, o menor dos quais não será o de dar a conhecer-nos esses sites;
  2. é bastante fácil ultrapassar o bloqueio; n(alguns d)esses sites já era possível, há algum tempo, encontrar indicações sobre como o ultrapassar. No Youtube e na Web há bué de explicações sobre o assunto. O que há a fazer é alterar os endereços de DNS (como se explica aqui).
    [edição a 6/1/2016] Se utilizar Ubuntu, experimente esta solução.
  3. Há outros modos de o fazer. Por exemplo, os Reformados da Investigação sugerem a utilização de extensões para modificar o DNS a aplicar nos browsers: este no Chrome e este, no Firefox.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: